Quer Contratar uma Babá Mas Não Sabe por Onde Começar? Veja Algumas Dicas

Está pensando em contratar uma babá e não sabe por onde começar? Aqui estão algumas dicas que podem ajudá-lo a entender quando escolher um cuidador para seus filhos pequenos.

Primeiro, pergunte aos seus entes queridos se há algum sinal. Grupos de pais de escolas, academias, condomínios, amigos de amigos e colegas de trabalho podem tornar mais fácil encontrar e indicar pessoas que você conhece.

Na hora de entrevistar e contratar, verifique as referências (ligando para os empregadores anteriores), informe-se sobre horários flexíveis, verifique a experiência (facilidades e dificuldades), se sabe primeiros socorros e que atividades pode realizar com uma criança da sua idade.

Descubra se o especialista está disposto a aprender e se abrir para novos conceitos: envio de artigos, artigos e empréstimo de livros. Você deve perguntar a ele qual é o seu sonho e como você pode ajudá-lo. “Essa pergunta reúne, conecta e abre possibilidades infinitas de trocas”, explica Olga Capri, da Amamente Mais. Olga também recomenda pedir uma história sobre uma situação difícil pela qual passou e como lidou com ela.

Valores não negociáveis ​​como tempo do dispositivo, uso de chupeta ou consumo de açúcar, por exemplo, devem ser registrados o mais rápido possível.

DIREITOS

A babá faz parte do regime de serviço doméstico. Devem estar na carteira e ter comprovante de viagem, FGTS, férias, 13º mês, horas extras, noturno, licença-maternidade, aviso prévio e demais benefícios que o empregador desejar.

É importante esclarecer que, além do salário bruto, devem ser incluídos na instituição financeira INSS 8,8% e 11,2% FGTS, além do documento de embarque (é permitida a dedução de até 6% do perito salário para sustentar esse benefício).

Nanny não pode receber menos do que o mínimo federal ou o piso estadual para essa categoria. Em São Paulo, por exemplo, o preço mínimo atualmente é de R$ 1.163,55. A experiência do especialista, a formação, o número de crianças de que cuida, se terá de conduzir e outras tarefas que irá realizar também irão afectar o valor pago. .

DEVERES E COMBINAÇÕES

De acordo com a regulamentação da CBO, Classificação Brasileira das Profissões, as babás devem cuidar de bebês e crianças, zelar pela saúde, saúde, nutrição, higiene pessoal, educação, cultura, lazer e relaxamento.

Todos os acordos com os empregados, sejam eles jornada de trabalho, salários, pausas e atividades devem estar descritos no contrato. Pode haver um ajuste para que ela faça outras atividades, como lavar a roupa do bebê. “É importante que as atividades estejam descritas no contrato para que não haja sobreposição ou desvio de função”, explica Karolen Gualda, advogada e especialista na área do direito do trabalho.

“O contrato estabelece todas as cláusulas que irão reger essa relação. Assim, as duas partes ficarão seguras a respeito do que foi ajustado”, explica a coordenadora da área trabalhista do escritório Natal and Mansur.

CONTRATO DE EXPERIÊNCIA

Ao empregar uma profissional pela primeira vez, Karolen indicada fazer um contrato de experiência. “Assim, é possível avaliar o trabalho, se o envolvimento com a criança foi o esperado e se a relação está se desenvolvendo como o esperado (o que, principalmente nesse tipo de relação tão próxima, só se descobre mesmo na prática)”.

Se a experiência não for satisfatória, o empregador poderá rescindir o contrato sem precisar arcar com os custos do aviso prévio indenizado ou multa do FGTS. No entanto, dois pontos devem ser observados: o contrato de experiência deve ser feito por escrito e a duração não deve exceder 90 dias.

Nesta situação, se a rescisão ocorrer por iniciativa do empregador (antes do termo do prazo), este deverá pagar o mesmo valor a que o trabalhador terá direito no final do contrato, além de um remuneração equivalente a metade do salário que receberá até a data do fechamento.

Em caso de rescisão antecipada por iniciativa do trabalhador, este receberá o referido montante, devendo indemnizar o empregador pelo dano causado. Este valor não pode ser maior do que o valor a pagar de outra forma, ou metade do valor ao qual você ainda tem direito durante a vigência do contrato.

FÉRIAS

A cada 12 meses de trabalho, o trabalhador tem direito a 30 dias de licença remunerada mais 1/3. A data não tem necessariamente que ser exatamente quando o trabalhador encerra um ano de trabalho, mas não pode ser posterior a 12 meses após o término de um ano de trabalho. Se isso acontecer, a babá terá folga em dobro.

DESCANSOS E PAUSAS

Segundo a família do PEC, o tempo para descanso e alimentação deve ser de no mínimo 30 minutos e no máximo 2 horas. Os intervalos não são considerados horas de trabalho no cálculo dos salários e devem ser calculados a cada 6 horas trabalhadas.

O trabalho realizado após as 22h às 5h deve receber 20% a mais se trabalhar à noite e se a pessoa morar na empresa não pode ser chamada nesse período, pois se telefonar, o empregador deve pagar a mais.

Gleibe Pretti, professor de direito do trabalho da Estácio, lembra que o horário noturno deve ser contado com um tempo reduzido, ou seja, 52 minutos e 30 segundos.

O professor explica que as tarefas de fim de semana, além de
horas semanais, têm uma faixa salarial de 50%. “Se o saldo semanal pago não for cumprido, o pagamento será de 100%”, afirmou.

SUPERVISÃO

Caso os pais desejem instalar câmeras para monitorar os filhos em casa, a babá deve prestar atenção.

EXONERAÇÃO

Quando a babá quis deixar o emprego, ela mesma teve que escrever uma carta de demissão. As férias restantes (se houver), as férias vencidas ou rateadas mais 1/3 do salário de 13º mês, integral ou rateada, devem ser pagas.

Em caso de dispensa do empregador, o empregador deve pagar a notificação, o pagamento, as férias, o 13º salário e o reajuste do FGTS e as contas do seguro-desemprego. Foi aplicada multa de
0% nas diretrizes do FGTS / DAE.

Nos casos de abusos (físicos ou psicológicos), tais como furto, roubo ou peculato, assédio ou negligência, o despedimento pode ser justificado. “Nesse caso, a babá só receberá o saldo do salário e das férias devidas, se houver”, explica.

Compartilhe este post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.